SINDISCOSE
Notas Notícias

NOTA: Reforma da Previdência é um ataque aos mais pobres

NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria Colegiada do Sindiscose repudia a aprovação em primeiro turno da reforma da previdência na câmara dos deputados, o texto aprovado coloca condições que na prática retiram o direito das aposentadorias. Também manifestamos, em particular, repúdio ao posicionamento dos parlamentares do Estado de Sergipe: Bosco Costa (PL), Fábio Mitidieri (PSD), Fábio Reis (MDB), Gustinho Ribeiro (Solidariedade) e Laércio Oliveira (PP).

Os deputados citados se posicionaram de forma contundente contra os trabalhadores e trabalhadoras, tanto do setor público quanto do regime privado, ficando ao lado do setor financeiro e rentista, retirando a segurança futura de milhões de brasileiros.

A proposta de Bolsonaro e Paulo Guedes pretende economizar 1 trilhão de reais, sendo que aproximadamente 90% destes virão justamente dos mais pobres, o que desmente a campanha do governo de que a reforma da Previdência cortaria privilégios.

A batalha não terminou, pois a luta dos trabalhadores por seus direitos deve ser permanente. Ainda estão previstas mais três votações no Congresso Nacional, neste período continuaremos com diversas atividades para reverter esta atrocidade. Contamos com os servidores dos Conselhos e Ordens de fiscalização profissional para realizarmos a pressão necessária e impedirmos a destruição de um dos pilares da seguridade social brasileira.

Aracaju, 12 de julho de 2019

Diretoria Colegiada

 

Comentários